Blogger – Como comecei, em quem me inspirei e o sucesso

24
Blogger - Como comecei, em quem me inspirei e o sucesso

Blogger… como comecei, em quem me inspirei e o sucesso que tive.

Neste artigo vou falar em como me tornei blogger, começando do nada e chegando até onde estou actualmente.

A aventura começou em 2010 com um blog de noticias e a partir de 2014 cheguei a este meu blog. Não tive qualquer experiência nesta área antes de começar. Aprendi muita coisa por mim.

 

Blogger – Inspirações antes de começar

Em 2010 conheci um colega no Iscap que mostrou-me o seu blog criado na plataforma da Sapo. A namorada dele também era blogger ligada á moda, no qual tinha uma média de 3000 visitas diárias recebidas.

Na altura, eu nem sequer sabia ao certo o que era um blog e quais as vantagens de se ser blogger. Foi aí que esse meu colega me explicou, exemplificando como fazia os artigos no blog.

O blog dele, pelo que ainda me lembro, era ligado á saúde. A página de Facebook do Blog dele tinha mais de 10 000 seguidores.

Ele rentabilizava o blog com o Google Adsense, no qual teve um mês em que lucrou mais de 200 euros. Segundo ele, grande parte do rendimento obtido veio de brasileiros que clicavam nos banners publicitários.

Eu fiquei fascinado pelo belo exemplo dele como Blogger. Dias depois, decidi criar um blog com as principais notícias desportivas.

 

Blogger – O meu primeiro blog

E esta foi a minha primeira experiência como blogger, com um blog de desporto. Bem, aquilo mais parecia um site de notícias, mas não deixa de ser um blog.

Criei o blog com o Blogspot da Google, com um aspecto simples e nada complicado. Simplesmente fazia copy / paste das diversas notícias desportivas dos jornais nacionais (JN, ABola, Record, etc).

A partir de uma certa altura, não estava a sentir-me motivado para continuar com aquilo. Recebia poucas visitas nas primeiras semanas e isso desmotivava-me. Mas a partir de uma certa altura, quando os posts começavam a ser bem partilhados pela internet, as coisas mudaram e para melhor.

Comecei a receber milhares de visitas por dia, com uma média de 15 artigos diários publicados. Os posts eram partilhados especialmente em grupos do Benfica, Sporting e FC Porto.

A minha motivação disparou e, melhor ainda, quando estava com esse meu colega numa sala de computadores do Iscap (piso 2) e vi um aluno a ler uma notícia no meu blog, mais motivado fiquei.

O meu colega até me disse: “Deves levar isto como uma fonte de motivação”. E levei mesmo.

O blog durou vários anos, até 2013 mais ou menos. Depois decidi parar, uma vez que andava com negócios e trabalhos online.

 

Blogger – Inspiração para este blog

Em 2014, decidi voltar ao mundo dos bloggers. Como já tinha acabado com o blog anterior, pensei em criar um novo, mas desta vez, em WordPress.

Queria criar um com o meu nome, e desta vez, com conteúdos mais criativos de minha parte. Ou seja, em vez de fazer copy / paste, criar os artigos com as minhas próprias palavras. Mas não sabia por onde começar e em quem me inspirar e basear.

E em quem me fui basear? Numa blogger com um blog de Make Ups (maioria dos artigos). Sim, alguns de vocês podem achar isto estúpido, mas foi mesmo assim que nasceu este meu blog.

O blog dela ainda existe e chama-se The Bunny Boudoir (clicar aqui). Não, não me inspirei por a rapariga ser bonita. Ok, para mim é bonita, mas não foi a beleza dela que me inspirou.

A forma como ela escrevia, a organização das categorias e o carisma que atraía foram a minhas principais inspirações. Só não segui a inspiração dos vídeos que ela fazia, uma vez que sou um bocado envergonhado para tal coisa. Quem sabe se no futuro também faço vídeos.

 

MarcosTrindade.pt – o nascimento

Com base no blog The Bunny Boudoir, construí o meu e assim nasceu o MarcosTrindade.Com. Sim, antigamente tinha a extensão .com, mas em 2017 decidi mudar para o .pt.

Foi uma tarefa difícil em criar artigos com as minhas próprias palavras, uma vez que tinha pouca criatividade. Mas com o tempo e prática fui-me adaptando e crescendo até onde me encontro actualmente.

Utilizei uma forma de escrita ousada e marcante, no qual fui atraindo muita gente nova. Utilizei também estratégias de marketing para fazer crescer a minha página de Facebook.

Sempre falei mais de desporto do que outros temas, uma vez que adoro desporto e é uma das categorias mais poderosas do mundo.

Muitas pessoas adoram-me, outras odeia-me, mas é mesmo assim. Não podemos agradar a gregos e troianos, e no mundo do desporto é a regra da selva.

Neste momento o blog mantém-se vivo. O endereço já apareceu nos vários jornais, devido a um post de Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, no seu Facebook. Recentemente também já estive debaixo de fogo por causa de falsas acusações de César Boaventura e Hugo Gil.

Neste último, o único lado positivo é que o meu blog cresceu muito em termos de ranking, assim como em visitas e remuneração. Nem tudo foi negativo.

Blogger ranking 14ª Posição 1ª Posição Blogs Portugal

 

 

Vantagens de se ser blogger

Há quem diga que ser blogger não dá benefícios nenhuns, especialmente no mundo do trabalho.

Aí é que estão enganados. Ser blogger pode ser usado como uma grande vantagem numa entrevista de emprego. Se vocês disserem que são bloggers (comprovando, claro), muitos patrões vão achar que vocês são activos e que manejam bem os meios informáticos.

Por exemplo, se uma empresa procura alguém para ser administrativo e estar quase sempre em frente a um PC, este hobbie é um grande ponto a vosso favor.

Posso dizer que um dos trabalhos que tive como administrativo foi muito graças ao facto de ser blogger.

Sem ser no mundo do trabalho, ser blogger pode dar-vos muito dinheiro. As fontes de rendimento podem ser de publicidades, programas de afiliados e negócios online como o Multinível.

 

Concluindo…

Um hobbie que me ajudou imenso, tanto em termos profissionais, conhecimentos adquiridos e rentabilidade.

Qualquer pessoa pode ser blogger, assim como não precisa de pagar absolutamente nada para ter um blog. Se vocês gostam de escrever sobre determinado tema / nicho / categoria, aconselho-vos a criar um blog.

Então para os mais jovens é uma grande oportunidade e vantagem para poderem começar no mundo do trabalho. Divertem-se, aprendem, comunicam e desenvolvem-se bastante.

 

Comentários

comments